Vamos fazer uma arrumadora? ;)

Vamos! :)

Libelinha, a camisola :)

Há oito dias comecei uma camisola/blusa de verão, para mim. 
Encantei-me no modelo e fiquei cheia de vontade de o tricotar, assim que o vi aqui! Gosto de pontos trabalhados por serem mais desafiantes e nada monótonos. 
Foi a primeira vez que segui uma receita, usando o número das agulhas e a espessura do fio indicados. Fiz pequenas alterações no cós, no decote (tricotei 2x2) e no tamanho das mangas, para tornar a peça estival e fresca. 
O fio é DMC, Angel, Baby Knitting, com 80% de bambu e 20% de lã e foi comprado online na Arco-Íris a Metro. É muito macio, delicado e muito agradável ao toque, parece seda. 
Apesar de ser uma peça trabalhosa, fiquei rendida, sendo que "não fiz mais nada" durante quase oito dias... até a terminar no serão de ontem, sábado.
Ainda sem a bloquear (nem sei se o farei), hoje, de manhã ficava-me assim! :)

Arrumadoras

Há tempos, pediram-me para fazer bolsinhas arrumadoras. Fiz uma para pequenos projetos de tricô ou de croché e fiz outra para as agulhas de tricô. 
Aprontadas e entregues, fico à espera de saber se corresponderam aos desejos... :)

Alpaca, a camisola

"Toda a gente" sabe que tenho meias sempre nas agulhas. :)
Desta vez, porém, troquei as voltas das meias pelas voltas de uma camisola. Um modelo masculino, elegante e facílimo de executar. 
Tricotei com fio 100% alpaca baby, que é uma delícia: lã muito macia, leve, quente com um toque envolvente e delicado. Uma novidade que encontrei aqui
Inspirei-me no modelo "Firenze by Drops Design", mas não segui a receita, por falta de paciência, confesso. Fiz a "olho" tal como aprendi e como sempre fiz. Gastei quase 10 novelos (cerca de 1000 m de fio) e trabalhei com agulhas de 5 mm em tricô circular.
E assim, o menino da casa ganhou mais um agasalho, que já vestiu, e eu aproveitei as noites (ainda) frias da melhor maneira: - ohxô, angústia friorenta! 
Vamos ao desfile? :)

Merendeiras

Chamei merendeiras aos taleiguitos - taleigos pequenos - feitos de retalhos com o propósito de transportarem a merenda. 
Fiz três, mas pretendo fazer mais, porque a utilidade destas peças não se esgota na merenda. :)
À vontade de gastar/aproveitar restos, junta-se a vontade de organizar e de arrumar, pois há sempre "qualquer coisa" para guardar. Venham, pois, merendeiras, taleigos, taleiguitos, taleigões... nota-se que me encanto nesta produção, não nota? :):):)

Merendeira 1 - a parte da frente

Ninhos e meias

Estes ninhos, além de úteis para as tricotadeiras de meias, são de costura fácil, deliciosa e um rico aproveitamento de retalhos. Agora que já me habituei ao alicate... não quero outra coisa, rs... :)
O tutorial está aqui!