A brincar...

... com restos de tecidos, nasce outro agulheiro livro! :)




Desafio virtual

Estes desafios e os selinhos que partilham entre blogs, não é das coisas que mais interesse me desperta. 
No entanto, por ter vindo da Carla, que é uma simpatia e a quem tenho de agradecer por se ter lembrado de mim, não vou ser desmancha-prazeres. :)
Tenho de responder a algumas perguntas e depois enumerar cinco blogs para continuarem a "diversão". 
Isso deixarei por conta de quem me visita, não sou capaz de escolher cinco entre tantos que gosto e que admiro muito. Se alguém quiser dar continuidade, esteja à vontade! 

  • Quando sai... o que leva sempre?
Levo sempre fio dentário, principalmente se for comer! :)
  • Qual o seu animal favorito?
As corujas, os mochos, dizem que são o símbolo da sabedoria... e todos os felinos.
  • Qual o seu sapato favorito?
Gosto muito de botas de cano alto e de salto médio, no inverno. No verão, gosto de sandálias e de sapatos confortáveis, mas não sapatilhas ou ténis...  
  • Produto de maquilhagem indispensável:
Batom hidratante, não passo sem.
  • Qual o seu maior sonho?
Gostava muito de ter um atelier. Gostava de ensinar pessoas que quisessem aprender esta arte. Se pudesse viver disso, então é que era! :) 
  • Qual o seu maior defeito?
Teimosa e perfecionista. Chega a ser doentio, acreditem... :(
  • O que te irrita nas pessoas?
A inveja, por ser o maior obstáculo à verdadeira amizade.
  • Qual  a sua comida preferida?
A que eu faço (perdoem a imodéstia)! :)
  • Doce ou salgado?
Os dois, depende das ocasiões...
  • O que te deixa feliz?
Acordar saudável, viver um dia de cada vez, com momentos felizes em cada um deles!


Obrigada, Carlita! :):):) 

Tutorial agulheiro livro

Há tempos, para aproveitar um resto de quadrilé, bordei este coelhinho. Não tinha destino... :(
Depois de refletir um pouco no interesse de algumas queridas (havia queridos?) em aprender a fazer o agulheiro, decidi que tinha chegado a hora de recorrer ao coelho (não para um guisado, que não gosto...)  :)
Com o material que tinha, com o "modelo" oferecido, muita paciência e muito entusiasmo, nasceu algo novo e diferente.



O tutorial foi feito de outra maneira, aprendi a utilizar um novo programa que além de reduzir as fotos, permite escrever por cima, o que facilita, na hora de registar todos os passos. 
Espero que gostem e que vos seja útil... qualquer dúvida, já sabem!
Ah, foi integrado um bordado, mas se fizerem com um pano só, é mais simples. :)
Vamos lá, então!?

Estojo rolinho

Sabendo que a entrada na escolaridade obrigatória é um marco importantíssimo na vida das crianças (e dos pais), nada melhor do que começar a preparar o material, com a devida antecedência, e ensinar os meninos a terem tudo arrumado e organizado.
Foi o que pensou a mãe do João. :)
Eu, só tive de preparar o material e seguir o tutorial




Antiguidades ou preciosidades?

Enquanto dou caminho a um projeto, no meio dos "mil" em que me meto (defeito ou feitio das crafters) e ando nas compras de algum material, tenho uns trabalhos "antigos" para vos mostrar. 
Ofereci-os com o intuito de serem emoldurados. Não tinha máquina e desconhecia outra forma de aplicar o ponto cruz que não fosse em quadros.
Quando olho para as fotos, arrependo-me... se tivesse esperado, teriam dado um lindo saco, uma linda almofada, um lindo panô, uma linda fronha... (são só exemplos) enfim, qualquer coisa mais criativa, inovadora, surpreendente e... acabada! 
Assim, ficaram à mercê do gosto e da vontade de quem os recebeu, para lhes dar o merecido acabamento.




Kit de viagem

Para que se saiba, esta bolsa agulheiro, foi-me oferecida por uma querida, com a tesoura e respetiva almofadinha. Não é linda?
Apesar de ter adorado, estava longe de imaginar o jeito que me ia dar.
Tem as medidas certas para carregar todos os apetrechos que me são indispensáveis, num trabalho de viagem: tesoura, dedal, bobinas das linhas e agulhas.
Não ocupa muito espaço, pode-se trazer na carteira e por isso está sempre à mão. Para os restos de linhas e na ausência de lixeirinha, ainda se pode recorrer aos bolsos internos... como vêem, tem tudo! :)

A melhor parte é que estou já a preparar o material para "copiar" o modelo e com um pouco de sorte paciência vou mostrar-vos como se faz! 




Vício ou doença?

Nos últimos dias, estive por aqui. :)




Apesar de ter descoberto que, afinal, o paraíso existe, não era a mesma coisa... sem elas*

E antes que começassem a sentir saudades minhas (ou eu delas, que era o mais certo) iniciei um bordado que além de ter muito a ver com o meio envolvente, vai servir para fazer uma bolsa (mais uma!) que transportará o agasalho das costas ou dos ombros desta "Maria" friorenta...

Nem imaginam o jeito que me fez nalguns passeios, ao entardecer... sim, estou a falar do xaile. :)



Digam-me então, se esta dependência das agulhas* não é mesmo um vício... ou será uma doença? 

PS: Pousada da Serra da Estrela

Xaile!

Pois então, cá está ele prontinho a usar... ufa!
Estava a ver que não cabia nas agulhas, só para terem uma ideia:  5 novelos e meio (de 50 gr) trabalhados em pontos que formaram voltas enormes intermináveis, a última teve 402 pontos / malhas!
Desculpem a má qualidade das fotos (algumas pouco nítidas) e o meu ar "semaneiro," mas não me apetece esperar para tirar umas fotos mais... "artísticas", vá lá!! :)




Friorenta

Com um verão intermitente, nada melhor do que desenferrujar as agulhas de tricô num agasalho que me vai acompanhar, sempre que as condições atmosféricas naturais (ou artificiais, diga-se, ar condicionado) me apanharem desprevenida… :(
Encontrei o fio desejado (delicado, leve, fofo e 100 % natural – lã) para me aventurar neste projeto, que, apesar de muito trabalhoso, está a crescer a olhos vistos!

Há dois dias, o começo:


Hoje, um grande avanço:


Por este andar, amanhã, deve estar pronto! :)

Agosto!

Com a "dança" da mala, esqueci-me completamente de vos mostrar o calendário de agosto. 

Flip - it - stamp (August) - Lizzie Kate
Apesar de ser um mês de férias, de suspensão de trabalho profissional, não quer dizer que consiga ficar muito tempo afastada das agulhas e deste cantinho. 
Sendo assim, mostro-vos as mais recentes produções: dois "strings" bem divertidos e coloridos, da designer do costume. :)
O vício foi de tal ordem que só parei quando os finalizei!
Já tenho os acabamentos previstos, mas ainda não posso dizer. 
Posso adiantar, contudo, que serão duas prendinhas de Natal, para crianças... 
Bem adequadas, não vos parece?

Doggy string - Lizzie Kate
Kitty string - Lizzie Kate

Mala!

Finalmente pronta para seguir viagem! :)

Foi muito difícil e por momentos pensei em desistir, o desânimo tomou conta da minha paciência... :(
Não fazia ideia como é que se colocava o bendito maldito peltex (o material que faz com que a mala fique assim direita, mesmo vazia) e coser à máquina com esse "cartão" rijo colado no forro, foi severo... tive de recorrer à costura manual, nos cantos do forro. Este, foi, por sua vez, cosido à mão, ao saco, na zona do fecho, com fio invisível... (ah, coisa ruim!)

Mas... cá está e eu estou muito orgulhosa, muito feliz e muito agradecida aos vossos carinhos incentivadores... obrigada por terem confiado! :)

Aqui, o pormenor da costura manual (bordada, para ficar disfarçada). 
Lembram-se que tinha os 4 trimestres separados?



Pormenor da costura manual, na zona do fecho...


Resmas de fotos... peço desculpa, mas não consigo escolher! :)










Agora, sim, já posso fazer a mala e... ir de férias! :)