sábado, 31 de outubro de 2015

Numa tardada

Começa a ser complicado manter o blog atualizado com os trabalhos que me saem das mãos. 
É que já ando a fazer os presentes de Natal. 
Seja que arte for, demoro sempre muito tempo e para os aprontar até ao início de dezembro (que é quando gosto de os oferecer, pessoalmente, se possível) tenho muito que dar às agulhas. Ainda por cima, os presenteados são meus leitores, não posso cair na tentação de mostrar uma cruzinha que seja.
Se me virem muito caladinha, já sabem. :)

No entanto e apesar disso, não resistirei a mostrar algumas peças para as amigas/leitoras menos atentas ou menos assíduas, porque não consigo estar calada por tanto tempo e porque suponho que, mesmo que por aqui passem, não vão desconfiar de nada. 

Para hoje, o registo de uma tardada de retalhos que resultou neste lindo e delicado par de pegas! Mãe babada a falar, perdoem a imodéstia. 
Para amanhã, mais retalhos me esperam! 





segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Vinte horas!

Foi o tempo que demorei a fazer estas meias. 
Estou no bom caminho, uma vez que as primeiras, do género, demoraram vinte e quatro.
Mas, calma, se forem mais curtas, se usar fio e agulhas mais grossas (3 ou 3,5) já as apronto em quinze ou até menos horas... 
Com uma diferença de quatro horas, em relação às primeiras, começo a pensar que com muito mais treino, vou fazer meias num abrir e fechar de olhos e elas vão começar a sair das agulhas assim... em catadupa!
Vai sonhando, sim. :)





domingo, 18 de outubro de 2015

Explosão de cor (e de fotos)!

Não sei bem que nome dar a este post... :)
A minha amiga Isabel entregou-me, há dias, um bom bocado de tecido, de cerca de 1 metro quadrado, com motivos outonais. Pechincha achada numa feira. Chamemos-lhe tecido padrão.
Pediu-me que lhe fizesse uma almofada rolinho e, com o restante tecido, almofadas "normais". 
Resolvi comprar tecidos lisos "mesclados" para fazer uma composição em patchwork. Viciadinha que estou nos cortes e recortes, era uma dor de cabeça gastar o tecido padrão num instante, correndo o risco de ficar cansada ou enjoada por saber, à partida, o resultado. Fazer peças iguais, com os mesmos tecidos, é, para mim, entediante. Isto não é trabalho em série, a satisfação na confeção de uma peça é o principal motivo pelo qual me disponho a fazê-la.
Gostei muito do tecido padrão (apesar da qualidade ter deixado um pouco a desejar: desfiava-se muito e era ruim de passar) e adorei os tecidos "mesclados" (não sei que nome lhes hei de chamar) que fizeram, quanto a mim, toda a diferença no colorido e na alegria que trouxeram aos trabalhos.

domingo, 11 de outubro de 2015

Porta smartphone e porta moedas

Quando a Catarina viu este tecido algures por aqui, lembrou-se de me pedir que lhe fizesse, com os mochinhos, outro porta smartphone com um porta moedas a condizer. Digo outro, porque o ano passado tinha-lhe feito um. Queria ter substituto, quando precisasse de lavar o primeiro. :)
Sendo assim, aqui deixo este lindo par de França, que muito adorei fazer!

 



quarta-feira, 7 de outubro de 2015

É oficial!

Está aberta a época especial das meias, neste cantinho. :)
Estão feitas as primeiras e as segundas vêm já a caminho, sendo certo que a partir de agora, as agulhas andarão, quase sempre, muito ocupadas!

O tutorial? Aqui, aqui e aqui!




domingo, 4 de outubro de 2015

Outra?

Sim, outra sacola/mochila que já está nas mãos (ou será nas costas?) da sua senhora. :)
Feita com aproveitamento de retalhos e com muito trabalho - "cada cosidela, cada passadela" - mas da qual me orgulho, porque me encantei no resultado. 
Os três botões, estrategicamente colocados na ganga, distinguem a parte da frente, da parte de trás e dão graça ao conjunto (mãe babada a falar). :)
Mais uma cria acabada de sair do ninho. Restam as fotos para sorrir e matar saudades.